Eco

O que procuro em ti, eco ou planície, que não me respondes? Porque devolves apenas a minha voz?

domingo, 17 de março de 2013

Dia-a-dia #175

E hoje sonhei que estava a jantar com um imbecil que conheço, mas nunca iria jantar com ele na realidade. O idiota queria impressionar-me, então, pediu marisco e nem se aprecebia que nem sou apreciadora. Entretanto, na mesa tinha já quatro copos com vinhos diferentes para provar. O homem falava sozinho para variar, que é um pavão daqueles, adora ouvir-se e nisto reparo que estava tudo trajado de modo formal, mas muito piroso, ele muito direitinho e bem fardado. Eu ali a gozar a pratinho com os meus copinhos de vinho. O resto nem conto, foi demasiado absurdo, mas acordei muito bem disposta.

Sem comentários:

Enviar um comentário