Eco

O que procuro em ti, eco ou planície, que não me respondes? Porque devolves apenas a minha voz?

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Dia-a-dia #79

Ditado popular italiano:

La madre degli imbecilli è sempre incinta.

( A mãe dos estúpidos está sempre grávida)


Artes#16



António Aragão (1921-2008) foi historiador, investigador, escritor e poeta experimental - organizou com Herberto Helder a publicação da "Poesia Experimental I" em 1964 e foi membro actuante do grupo Po.Ex. Foi também escultor e pintor: ontem descobri neste blog, que recentemente foram expostas uma série de pinturas de 1992 intitulada " Monstros", na Galeria dos Prazeres no Funchal. As pinturas são fantásticas!

Pinturas: " Agora é suspeito haver rosas" (1992), técnica mista, 100x70cm; "Ao pensar no cash-flow" (1992), técnica mista, 50x65cm

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Poema #58

CANTIGO COLORIDO

ela diz sujeito
ele diz complemento

ela diz nós
ele diz eu

ela diz amor
ele diz cama

ela diz sempre
ele diz hoje

ela diz eu caso
ele diz um caso

ela escreve
ele rasura

ela sente
ele cala

ele é um e um
ela é dois nenhum

mas por isso é que só ela se multiplica

Pedro Sena-Lino, Berlim, Knaackstrasse, 9 de Julho de 2008
in Material Angústia: uma antologia». Maia: Cosmorama, 2010


terça-feira, 25 de maio de 2010

No sitemeter #58

Eco
By Referrals > Visit Detail
Visit 9,513
[<<] [>>]
Domain Name (Unknown)
IP Address 189.55.104.# (Unknown Organization)
ISP Unknown ISP
Location
Continent : South America
Country : Brazil (Facts)
Lat/Long : -10, -55 (Map)
Distance : 4,496 miles
Language Portuguese (Brazil)
pt-br
Operating System Macintosh WinXP
Browser Safari 1.3
Mozilla/5.0 (Windows; U; Windows NT 5.1; en-US) AppleWebKit/532.0 (KHTML, like Gecko) Chrome/3.0.195.38 Safari/532.0
Javascript version 1.5
Monitor
Resolution : 1440 x 900
Color Depth : 32 bits
Time of Visit May 24 2010 1:10:05 pm
Last Page View May 24 2010 1:10:05 pm
Visit Length 0 seconds
Page Views 1
Referring URLhttp://www.google.co...prmd=v&start=10&sa=N
Search Enginegoogle.com.br
Search Wordseco boia de santa branca 2009
Visit Entry Page http://umacasanotemp...9_04_01_archive.html
Visit Exit Page http://umacasanotemp...9_04_01_archive.html
Out Click
Time Zone UTC-4:00
Visitor's Time May 24 2010 10:10:05 am
Visit Number 9,513

Alguém veio parar a esta casa no tempo procurando eco boia de santa branca 2009 e encontrou eco.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

A Casa Das Musas #9

Finalmente, para Urânia, a musa da astronomia, imaginei uma plataforma esférica monumental, onde se poderia observar durante o dia um modelo do universo, representado por sólidos geométricos, encaixados na enorme cúpula do tecto, ao som da música das esferas. De noite, a plataforma transformava-se num silencioso planetário, onde os visitantes eram transportados para outra forma de consciência, através da visão mística do universo.

domingo, 23 de maio de 2010

A Casa Das Musas #8

O espaço de Tália, a musa da comédia, seria côncavo e convexo, com paredes cobertas de espelhos, que deformavam a aparência dos seus visitantes, à medida que caminhavam no seu interior: ao movimentarem-se, ora se metamorfoseavam em anões bizarros, ora se transformavam em gigantes figuras magras, num hilariante jogo de espelhos que nunca se repetia. O riso neste espaço era contagiante e os seus visitantes adquiriam uma nova consciência sobre si próprios e os outros, libertando-se numa leveza até então desconhecida.

sábado, 22 de maio de 2010

A Casa das Musas #7

Para Terpsícore, musa da dança, imaginei um enorme salão de baile, decorado com estuques, mármores rosas e espelhos emoldurados com talha dourada. Os visitantes para entrarem neste lugar tinham de levar o seu melhor fato e deparavam-se com uma música desconhecida, que os levava a moverem-se num ritmo elegante e encantatório; quando paravam de dançar e olhavam em seu redor, ficavam surpreendidos com a precisão coreográfica do baile no seu todo.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

A Casa das Musas #6

Para Polímnia, a musa da poesia sagrada, imaginei um espaço escultórico, em mármore branco, muito amplo e rasgado por janelas trapezoidais, que projectavam formas geométricas planas, com enorme rigor; a iluminação natural produzia assim quadros abstractos no branco do mármore, que se movimentavam em harmonia ao longo do dia. De noite, no seu interior, acendiam-se pequenas velas, para se poder escutar coros interpretando polifonia, como se fossem anjos, deixando os seus visitantes suspensos num espaço-tempo que simbolizava a eternidade.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

A Casa das Musas #5

O espaço de Melpomene, a musa da tragédia, seria um majestoso teatro, com um palco emoldurado por cortinas de veludo vermelhas. Na plateia, os visitantes poderiam assistir às Óperas de Puccini, em interpretações maravilhosas, que os comoveriam de forma inédita; eles seriam assim tocados pelo canto do sofrimento e a da morte, por isso, no interior de cada um acendia-se uma luz que iluminava o escuro da dor.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A Casa das Musas #4

Para Euterpe, musa da música, imaginei um espaço composto por instrumentos, onde os seus visitantes, à medida que o percorriam, tornavam-se músicos, tocando numa orquestra que interpretava o melhor que a humanidade poderia compor. O chão deste espaço funcionava como o teclado de um piano, as paredes estavam cobertas com as cordas dos instrumentos, prontas a serem tocadas; a respiração dos visitantes transformava-se no som dos instrumentos de sopro, permitindo assim que os seus corpos levitassem em trajectos harmoniosos.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Dia-a-dia #78

Gostava de ser Papisa para rezar com o belo Gio.

A Casa das Musas #3

O espaço de Érato, a musa da poesia lírica, seria um jardim solarengo e primaveril, com flores, plantas exóticas que apenas ali existiriam; os visitantes só as poderiam conhecer ao vaguear pelos seus caminhos enigmáticos. No coração deste jardim encontravam-se dois lagos, repousando um no outro, convidando os visitantes a purificarem-se nas águas límpidas. Perto dos lagos, uma orquestra tocava Mozart, acompanhando os cheiros intensos e mágicos do jardim, funcionando a sua música como um mapa para os enigmas do percurso.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

No sitemeter #57

Eco
By Referrals > Visit Detail
Visit 9,385
[<<] [>>]
Domain Name brasiltelecom.net.br ? (Brazil)
IP Address 201.67.189.# (Brasil Telecom S/A - Filial Distrito Federal)
ISP Brasil Telecom S/A - Filial Distrito Federal
Location
Continent : South America
Country : Brazil (Facts)
State/Region : Santa Catarina
City : Cambori
Lat/Long : -26.9833, -48.6333 (Map)
Distance : 5,232 miles
Language Portuguese (Brazil)
pt-br
Operating System Microsoft WinNT
Browser Internet Explorer 7.0
Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 7.0; Windows NT 6.1; Trident/4.0; GTB0.0; SLCC2; .NET CLR 2.0.50727; .NET CLR 3.5.30729; .NET CLR 3.0.30729; Media Center PC 6.0)
Javascript version 1.3
Monitor
Resolution : 1360 x 768
Color Depth : 32 bits
Time of Visit May 17 2010 1:34:19 am
Last Page View May 17 2010 1:34:19 am
Visit Length 0 seconds
Page Views 1
Referring URLhttp://www.google.co...ie=UTF-8&sa=N&tab=iw
Search Enginegoogle.com.br
Search Wordsfiguras eco harmonicas
Visit Entry Page http://umacasanotempo.blogspot.com/
Visit Exit Page http://umacasanotempo.blogspot.com/
Out Click
Time Zone UTC-4:00
Visitor's Time May 16 2010 10:34:19 pm
Visit Number 9,385
Alguém veio parar a esta casa no tempo procurando figuras eco harmónicas e eco.

A Casa das Musas #2

Para Clio, a musa da história, imaginei uma enorme biblioteca labiríntica, com corredores compostos de livros; por estranho que pareça, nenhum visitante se perdia no seu interior, apesar do traçado complexo do percurso. Os livros podiam ser consultados livremente, estando empilhados nas paredes dos corredores; no ar sentia-se um aroma a café, misturado com um suave incenso, que se intensificava ao folhearmos algum livro. O tecto do espaço era uma enorme clarabóia, por onde a luz entrava, tornando-se difusa por entre a diversidade rítmica da biblioteca. O trajecto convidava ao silêncio e à reflexão, porque à medida que se caminhava neste espaço, interiormente os visitantes sentiam a voz da musa, que lhes cantava o passado dos homens e das cidades.

domingo, 16 de maio de 2010

A Casa Das Musas #1

A palavra museu teve origem em mouseión, que na antiga Grécia significava o templo das musas, das nove filhas de Zeus e Mnemósine, a deusa da memória. As musas eram figuras mitológicas que tinham a capacidade de inspirar os poetas e os músicos. Partindo da génese da palavra museu, como a casa do conhecimento, imaginei um edifício composto por nove espaços dedicados a cada uma das musas. Ontem li as nove narrativas, na Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves em Lisboa, no Dia e Noite dos Museus 2010, mas vou deixar uma por dia aqui no blog:

O espaço de Calíope, musa da eloquência, teria um corpo temporal, visto que ela inspira o ritmo dos versos e das frases na prosa oratória; seria composto por cadências de escadas verticais, formando grupos alternados, com pequenas plataformas de silêncio horizontais, funcionando como pausas respiratórias, para os visitantes que persistiam em subi-las apressadamente. Os trajectos provocariam uma espécie de transe, acentuada pelas cores, que surgiam alternadas no espaço, em feixes de luzes harmónicas. O som neste lugar seria um pano de fundo, sempre suave e grave, como um murmúrio.



terça-feira, 11 de maio de 2010

Dia-a-dia #77

O Benfica movimentou muito mais pessoas que o Papa.

terça-feira, 4 de maio de 2010

No sitemeter #56

Eco
By Referrals > Visit Detail
Visit 9,148
[<<] [>>]
Domain Name netcabo.pt ? (Portugal)
IP Address 81.84.70.# (TVCABO-Portugal Cable Modem Network)
ISP TvCabo Portugal
Location
Continent : Europe
Country : Portugal (Facts)
State/Region : Lisboa
City : Pontinha
Lat/Long : 38.7667, -9.2 (Map)
Distance : 29 miles (local visitor)
Language Portuguese
pt
Operating System Microsoft WinNT
Browser Internet Explorer 8.0
Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 8.0; Windows NT 6.0; Trident/4.0; GTB6.4; SLCC1; .NET CLR 2.0.50727; Media Center PC 5.0; .NET CLR 3.5.30729; .NET CLR 3.0.30729; InfoPath.2)
Javascript version 1.3
Monitor
Resolution : 1280 x 800
Color Depth : 32 bits
Time of Visit Apr 28 2010 5:52:35 pm
Last Page View Apr 28 2010 5:52:35 pm
Visit Length 0 seconds
Page Views 1
Referring URLhttp://www.google.co...i=&aql=&oq=&gs_rfai=
Search Enginegoogle.com.br
Search Wordslenda da capela dos ossos évora esqueleto bébé
Visit Entry Page http://umacasanotemp...9_04_01_archive.html
Visit Exit Page http://umacasanotemp...9_04_01_archive.html
Out Click
Time Zone UTC+0:00
Visitor's Time Apr 28 2010 6:52:35 pm
Visit Number 9,148

Alguém veio para a esta casa no tempo procurando lenda da capela dos ossos Évora esqueleto bebé e encontrou eco.


Dia-a-dia #76

O Pedro finalmente chegou a Istambul: um diário de viagem que tenho acompanhado diariamente!

domingo, 2 de maio de 2010

Dia-a-dia #75

Ontem comemorei 1º de Maio no Barreiro by nigth - e um amigo excêntrico inquiriu um barreirence desconhecido sobre as minhas mamas; ouvi um piropo inédito, são "betinhas". O amigo respondeu-lhe " já viste o que é tratar umas mamas por você?". Hoje é o dia da mama, não se esqueçam.