Eco

O que procuro em ti, eco ou planície, que não me respondes? Porque devolves apenas a minha voz?

sexta-feira, 24 de março de 2017

Dia-a-dia #262

Hoje tive de ir às Belas-Artes. Estive a fumar um cigarro numa varanda no primeiro andar, a olhar para as caves da escultura. Ainda não tinha reparado que plantaram dois ciprestes no pátio das oficinas. Excelente ideia, os ciprestes não têm de estar apenas nos cemitérios. E dá uma certa verticalidade, é pedagógico para os alunos, visto que a escultura se desenvolve sobretudo na vertical. E faz pendant com as campas das caves. Reparei também que fizeram uma rampa em metal, que vem da oficina de pedra até à entrada do pátio. Não deve ser para deficientes motores ou idosos. Rolling stones. Lembrei-me de ter ouvido por lá uma definição de escultura jeitosa: é um objecto que rebola por uma encosta e chega lá abaixo intacto. Agora já podem demonstar isso, mas eu não ponho lá os pés de certeza. Prefiro vistas aereas.

Sem comentários:

Enviar um comentário