Eco

O que procuro em ti, eco ou planície, que não me respondes? Porque devolves apenas a minha voz?

terça-feira, 1 de março de 2016

Dia-a-dia #252


Recebi uma mensagem do outro lado do Atlântico. Levou mais de um mês a chegar, apesar de agora ser tudo muito rápido. Veio da Nova Escócia, uma península a norte no planeta. Nesta altura do ano deve estar coberta de neve, os lagos em gelo e os plátanos despidos. Aqui, pelo contrário, já cheira a primavera. A mensagem era sobre uma carta que escrevi há mais de vinte anos quando lá vivi. Foi num filme que realizei com um fotógrafo de Cape Breton. Ele tem os olhos muito azuis e diz que agora ainda fuma mais. Houve um acidente com o filme, ficou de pernas para o ar. Na mensagem escreveu que eu tentei apagar as palavras da carta no filme, mas todo este tempo permaneceram no interior da sua mente.

Sem comentários:

Enviar um comentário